Por Onde Anda? A Atriz Cristina Mullins

Biografias Cinema Brasileiro Por onde anda?

Nas décadas de 1980 e 1990 Cristina Mullins era uma presença constante na televisão, fazendo papéis de mocinha, personagens cômicas e até vilãs.

Maria Cristina Mullins nasceu em São Paulo, em 08 de outubro de 1957. Cristina Mullins começou a atuar ainda criança, fazendo a peça A Noviça Rebelde, em 1967. Ela fez outros espetáculos teatrais ainda criança, e depois deu uma pausa na carreira para cursar publicidade e propaganda na Universidade.

Em 1973 ela estreou na televisão, atuando na novela As Divinas e Maravilhosas (1973), na TV Tupi. Nesta época também fez diversos trabalhos na publicidade, como modelo.

Em 1977 participou de um concurso que escolhia novas atrizes no Moacyr TV, na TV Globo, e acabou ganhando um papel na novela À Sombra dos Laranjais (1977). Depois atuou em Nina (1977), e também fez diversas participações no programa Os Trapalhões.

Namorando o diretor J.B. Marreco (com quem foi casada entre 1980 e 1986), ela também estreou no cinema, atuando em Encarnação (1978), dirigido por ele.

Em 1978 ela voltou para a Tupi, onde atuou em Roda de Fogo (1978), Aritana (1978-1979) e Gaivotas (1979). Depois, com a falência da emissora, foi para a Bandeirantes, que estava investindo em telenovelas.

Na Band fez a Aninha em Pé de Vento (1980), seu primeiro papel marcante. Depois, foi uma das irmãs de Zezé (papel de Alexandre Raymundo) em Meu Pé de Laranja Lima (1980-1981). Ainda no canal, atuou no grande sucesso Os Imigrantes (1981-1982).

Cristina Mullins e Fausto Rocha em Pé de Vento
Cristina Mullins e Alexandre Raymundo em Meu Pé de Laranja Lima
Wladir Fernandes e Cristina Mullins em Meu Pé de Laranja Lima
De volta a Globo, protagonizou a novela Paraíso (1982), onde interpretou Maria Rita, a Santinha, uma moça cuja mãe (e boa parte dos moradores da cidade) acreditam ser santa. Porém, a jovem que deveria se tornar freira se apaixona por Zeca (papel de Kadú Moliterno), que todos acreditam ser “filho do diabo”.
Cristina Mullins e Kadú Moliterno em Paraíso
Em seguida, também foi a protagonista de Voltei Pra Você (1983), uma novela escrita por Benedito Ruy Barbosa, o mesmo de Paraíso. Cristina interpretava a personagem Pituca adulta, trazendo de volta a personagem de Meu Pedacinho de Chão, escrita por Benedito em 1971. Pituca, quando criança, foi interpretada pela atriz Patricia Aires.
Cristina Mullins e Paulo Castelli em Voltei Pra Você
Depois a atriz demonstrou todo o seu talento cômico como a Maria Leopoldina, que tinha compulsão por comer, na novela Vereda Tropical (1984). Em seguida atupi em De Quina pra Lua (1985) e viveu a socialite decadente, filha de Marília Pera, em Brega & Chique (1987).
Nesta época, também foi apresentadora do programa Vídeo Show.
Cristina Mullins e Paulo Betti em Vereda Tropical
Glória Menezes, Cristina Mullins e Marília Pêra em Brega & Chique
No começo da década de 1990 a atriz fez uma breve passagem pela TV Manchete, onde atuou em Fronteiras do Desconhecido (1990) e Filhos do Sol (1991). Na emissora ainda atuou em Brida (1998), a novela que não teve final, pois a Manchete saiu do ar devido a sua falência.
Na Globo, atuaria ainda em O Portador (1991), e viveu a tímida e recatada Maria do Socorro em Despedida de Solteiro (1992-1993). Atuou também em Sonho Meu (1993-1994), História de Amor (1995-1996) e Meu Bem Querer (1998-1999).
Na emissora também apareceu em diversos programas, como a série Radical Chic, Malhação e em muitos episódios de Você Decide.
Cristina Mullins e Léa Camargo em Despedida de Solteiro
Em 1995 Cristina Mullins retornou ao cinema atuando no curta-metragem A Desforra da Titita (1995), que lhe rendeu o prêmio de melhor atriz no Festival de Cinema de Gramado. Ela também atuaria no filme Pracinha (2004).
Em 2003 a atriz trabalhou em Agora É Que São Elas (2003), fazendo em seguida Senhora do Destino (2004). E após um tempo sem trabalhar, participou de alguns episódios de Sítio do Pica Pau Amarelo, como a Rainha Basília.
Os convites para a televisão foram cessando, e ela atuaria novamente apenas um bom tempo depois, atuando em Rebelde (2011), na TV Record.
Cristina Mullins em Rebelde
Com longos hiatos na carreira, ela retornou às telas em Rocky Story (2016), e em 2018 fez uma participação em Malhação: Vidas Brasileiras (2018).
Cristina Mullins e Nicolas Prattes em Rocky Story
Cristina Mullins é casada desde 1986 com o ator Otávio Augusto, e trabalhou com ele na novela Salve-Se Quem Puder (2021).
A novela foi gravada no auge da pandemia da Covid-19, e Cristina e Otávio foram afastados das gravações, porque ainda não haviam tomado a vacina, e já tinham uma certa idade. Mas seus personagens continuaram aparecendo na novela, mas através de conversas via celular ou computador, com cenas gravadas na casa do casal.
Cristina Mullins não teve filhos.
Cristina Mullins e Otávio Augusto em Salve-Se Quem Puder
Cristina Mullins e Otávio Augusto em Salve-Se Quem Puder
 
 
Cristina Mullins, Otávio Augusto e o pesquisador Marcelo Del Cima, na abertura de uma exposição sobre a carreira do ator Otávio Augusto (Setembro de 2022). Foto da Coleção Marcelo Del Cima

1 thought on “Por Onde Anda? A Atriz Cristina Mullins

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *